Proteção social

Famílias comemoram volta de atividades presenciais no Centro Dia para Pessoa com Deficiência

30/07/2021 | 20:00 | 1291

A sexta-feira (30) foi de comemoração no Centro Dia de Referência para Pessoa com Deficiência, administrado pela Prefeitura de João Pessoa. O serviço retomou as atividades presenciais, após quase um ano e meio funcionando de forma remota, devido à pandemia. Agora, com todos os usuários imunizados contra a Covid-19, a rotina volta, seguindo diversos cuidados e protocolos sanitários, como o limite de 12 atendimentos por dia.

Atualmente, o Centro presta assistência a 72 pessoas, com variados tipos de deficiência, com idades de 18 a 59 anos. Uma delas é o Jeferson Costa, que possui uma limitação motora. Bastante comunicativo, ele contou que sentia muita falta do serviço. “Eu estava com bastante saudade. A equipe daqui é muito boa. Desde que cheguei, só encontrei amor e carinho”, disse.

A alegria também se estende aos familiares. Vera Lúcia sabe bem disso. Ela tem dois filhos assistidos pelo Centro: Gustavo, que é autista, e Gelson, que tem deficiência intelectual leve. Ao lado do marido, Gilson, ela lembrou que os dias de pandemia dentro de casa foram muito difíceis.

“A ansiedade deles para rever os amigos aqui do Centro era grande. Eles pediam para vir para cá. Até eu ficava querendo fazer alguma coisa, mas não podíamos. Inclusive, era até difícil explicar tudo isso para eles”, falou.

O secretário de Direitos Humanos e Cidadania, João Corujinha, destacou que a reabertura foi bastante planejada. “Hoje temos um espaço amplo, apropriado para realizar atividades com nossos usuários, além de uma equipe bastante capacitada e comprometida. Também adotamos diversos protocolos de rotina, seguindo as orientações dos órgãos de saúde. Mesmo que todos no Centro estejam com o esquema de imunização contra a Covid-19 completo, os cuidados não cessam”, explicou.

A primeira-dama de João Pessoa, Lauremília Lucena, participou da recepção as famílias neste retorno as atividades e ficou bastante entusiasmada com o momento de confraternização. “Que esta nova fase seja repleta de bênçãos, tanto para os usuários como para os profissionais que se revezam buscando sempre o melhor para quem frequenta o Centro”, destacou.

Transformação – Os benefícios do Centro Dia não se resumem à pessoa com deficiência: eles se refletem em toda a família. Maria de Jesus – mais conhecida como Nena – é mãe de Bruna, que é autista e tem deficiência mental. Ela contou que viu sua vida sendo transformada desde que a filha passou a ser assistida pelo serviço.

“Na verdade, eu não vivia, eu vegetava. Com minha filha doente, dentro de casa, não saíamos para canto algum. No Centro Dia, além de todo o cuidado que proporcionam a ela, ainda nos oferecem momentos especiais, como passeios à praia e ao zoológico. Hoje, posso dizer que a gente vive”, revelou.

Profissionais- A retomada dos serviços também foi motivo de comemoração para a equipe multiprofissional. “O atendimento remoto é muito diferente, pois não tem calor humano, não tem esses sorrisos. Com o retorno, podemos ver a felicidade estampada no rosto dos usuários e, também, de nossos profissionais. Está sendo um dia de muita felicidade”, comemorou Renata Martins, coordenadora do serviço.

O Centro Dia de Referência para Pessoa com Deficiência está localizado na Rua Deputado Tertuliano de Brito, n° 368, no bairro Treze de Maio. O serviço funciona mediante demandas espontâneas. Os interessados em conhecer um pouco mais dos trabalhos, podem se dirigir diretamente à sede. “Estaremos sempre de portas abertas para recebê-los”, frisou Renata Martins.