Profissionalização

Polo de Costura da Prefeitura de João Pessoa oferece cursos e possibilita nova fonte de renda para alunas

26/08/2021 | 09:00 | 2203

A Prefeitura de João Pessoa reativou, recentemente, o Centro de Inclusão Produtiva em Vestuário, popularmente chamado de Polo de Costura, localizado no Alto do Mateus. Com esse investimento, o governo municipal está oferecendo qualificação profissional e geração de renda, possibilitando uma melhor qualidade de vida para muitas pessoas.

Atualmente, o Polo de Costura, que é administrado pela Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), está ofertando cursos básicos de corte e costura para mesa posta e de crochê, cada um com uma turma composta por dez alunas. Os cursos foram iniciados no início deste mês e serão concluídos no dia 9 de setembro.

“O objetivo da Prefeitura é qualificar essas alunas para que elas possam ter uma renda, já que muitas são de situação de vulnerabilidade social e provedoras do lar. Oferecemos o curso, mas após a conclusão, as alunas podem continuar usufruindo do espaço e das máquinas para a produção de suas peças”, explicou a coordenadora geral da Economia Solidária da Sedes, Ivoneide Araújo.

Além de poderem utilizarem o espaço após a conclusão do curso, a Sedes também vai incluir as alunas no programa de Economia Solidária, onde poderão participar das feiras, expor seus produtos e garantir uma renda.

“Queremos que as alunas saiam do curso com a possibilidade de uma renda extra. Então, essas pessoas serão direcionadas para a Feirinha Solidária que acontece todo fim de mês no Centro Administrativo Municipal. Lá, elas poderão expor seus produtos e ganhar seu dinheiro”, contou a coordenadora do Polo de Costura, Roberta Lima.

Alunas incentivadas – Maria José Lima da Silva, moradora do Alto do Matheus, está fazendo o curso de croché pela segunda vez. Ela, que tem apenas o dinheiro do Bolsa Família como renda fixa, produz panos de prato para obter uma renda extra e pagar as contas. Com o curso, Maria José quer se aperfeiçoar para produzir cada vez mais.

“O curso é excelente. Já o fiz uma vez e agora estou fazendo de novo para produzir melhor. Hoje já faço meus panos de prato para vender aqui pelo bairro e, com isso, consigo me manter. Só tenho a agradecer a Prefeitura pela oportunidade”, falou.

Sulamita Andrade da Silva já concluiu o curso e utiliza o espaço do Polo para costurar suas peças e garantir uma renda extra para o sustento da família. “O curso foi muito importante para mim. Tive a oportunidade de aperfeiçoar minha costura e melhorar a minha renda. Hoje, utilizo o espaço do Polo de Costura para realizar meus consertos e garantir uma renda extra”, explicou.

Novas turmas – Após a conclusão dos dois cursos que estão em andamento, a Sedes vai abrir inscrições para novas turmas. A tendência é que elas sejam iniciadas ainda no mês de setembro.