Vaga conquistada

Feirão da Empregabilidade realizado pela Prefeitura garante retorno de profissionais ao mercado de trabalho

12/11/2023 | 08:00 | 492

Agápito da Silva ficou desempregado por sete meses. Durante o período, tentou vagas de emprego em plataformas online e estava constantemente em grupos de WhatsApp à procura de uma oportunidade. Mas foi no Feirão da Empregabilidade e Empreendedorismo, promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedest) de João Pessoa, que ele conseguiu sair com um encaminhamento e ser efetivado como fiscal de loja.  

“No dia do Feirão, eu cheguei lá eram mais ou menos umas 11h30. Eu estava bem tranquilo para falar a verdade. Os recrutadores e o pessoal em geral foram bem solícitos e atenciosos, isso ajudou bastante”, conta. Ele ficou sabendo do Feirão da Empregabilidade pelas redes sociais e quase deixou passar despercebido. Foi a sogra quem viu mais um anúncio do evento na televisão e o avisou sobre a oportunidade.   

O último Feirão da Empregabilidade promovido pela Prefeitura de João Pessoa, que Agápito participou, ocorreu no final de outubro no bairro Funcionários II. O Sistema Nacional de Emprego de João Pessoa (Sine-JP) realizou 257 encaminhamentos para vagas de emprego. Também foram oferecidos plantão de orientação para empreendedores e quatro capacitações profissionais gratuitas.  

Agápito conta que enviou o currículo para a empresa indicada assim que saiu do Feirão. Para sua surpresa, poucas horas depois, a equipe de recursos humanos já entrou em contato, agendando a entrevista de emprego para o dia seguinte. Com menos de 24 horas após ter participado do Feirão da Empregabilidade, Agápito estava empregado.  

“Já me senti esperançoso com a oportunidade de uma entrevista. Mas ao ser contratado, senti um alívio enorme. Tirei um peso das costas, porque sabemos o quanto está difícil a situação do desemprego no país”, comenta.   De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem atualmente 8,3 milhões de desempregados. A taxa de desocupação na Paraíba passou de 9,8%, em maio, para 13,7%, em setembro, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do IBGE.  

Esse indicador mede o percentual de pessoas que estão em busca de emprego em relação à força de trabalho – ou seja, a soma daqueles em busca de emprego com aqueles que estão empregados.  

Tem que acreditar – Hoje, Agápito trabalha como fiscal de loja em uma empresa de materiais elétricos e hidráulicos em João Pessoa. Ele é responsável por abrir e fechar a loja, direcionar os clientes para os setores corretos ou para os vendedores, entre outras funções. E para quem ainda está a procura de uma oportunidade de emprego, ele deixa uma mensagem encorajadora.  

“Continue tentando, inclusive, para vagas que você não tenha experiência, mas que tenha condições de desempenhar. Eu me candidatei a tantas vagas que depois que eu consegui emprego por meio do Feirão, outras empresas me mandaram mensagem para participar de processos seletivos”, revela. “E o Feirão perto de casa foi muito útil. Então, é aproveitar os feirões nos bairros para se cadastrar em algumas das vagas e sempre acreditar que, se você é capaz, a oportunidade certa vai chegar”, acrescenta.  

Feirões – A Prefeitura de João Pessoa já realizou sete feirões de empregabilidade durante a gestão do prefeito Cícero Lucena. Segundo o coordenador do Sine-JP, Eurípedes Leal, o objetivo do projeto é justamente descentralizar as ações do Sine-JP, indo até a população que mais precisa dessas ações.  

“Além dos encaminhamentos para vagas de empregos, o evento ofereceu quatro cursos de qualificação profissional de forma gratuita: ‘Como ser um porteiro de excelência’, ‘Noções de logística’, ‘Gestão do conhecimento empresarial’ e ‘Operador de caixa’. Então, quem participou, já saiu de lá com um certificado e habilitado para se inserir no mercado de trabalho”, destaca.  

“Estamos fazendo os últimos relatórios referentes ao Feirão de Empregabilidade e Empreendedorismo que ocorreu nos Funcionários II para definir as datas e os locais dos próximos eventos. Assim que tivermos, vamos divulgar de forma massiva na mídia e garantir que mais pessoas possam retornar ao mercado de trabalho”, informa o coordenador do Sine-JP.