Prevenção de doenças

Profissionais de saúde alertam para a importância da vacinação na primeira infância

16/01/2024 | 17:00 | 413

Ao nascer, o sistema imunológico do bebê ainda é imaturo e vai se desenvolvendo ao longo da vida. Para auxiliar na proteção da saúde dos pequenos, a vacinação infantil se torna indispensável fortalecer esse sistema e evitar possíveis doenças, principalmente na primeira infância que vai desde o momento do nascimento até os seis anos de idade.  

Na rede municipal de saúde, os profissionais orientam e fazem todo o acompanhamento da caderneta de imunização, para que as doses de proteção sempre estejam em dia. “Fazemos o alerta para que essa criança esteja em dia com a caderneta de vacinação e que os pais se atentem para observar os prazos contidos nelas, porque num descuido, a criança ou o adolescente pode adoecer de alguma doença que poderia ter sido prevenida por meio imunização”, destacou Fernando Virgolino, responsável pela Seção de Imunização de João Pessoa.  

Para ministrar as vacinas necessárias em cada momento da vida, a Seção de Imunização da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de João Pessoa segue as recomendações preconizadas pelo Programa Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde.  

A rede municipal de saúde oferta gratuitamente 21 vacinas recomendadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), beneficiando todas as faixas etárias, desse total, 13 devem ser ministradas na primeira infância. São elas: BCG, Hepatite B, Pentavalente, Pneumocócica Conjugada, Meningocócica C Conjugada, Poliomielite, Rotavírus, Tríplice Viral, Tetra Viral, Influenza (gripe), Varicela, Hepatite A e, mais recentemente, incluída na programação vacinal o imunizante que protege contra Covid-19.  

Onde se vacinar – Na capital paraibana, nesta quarta-feira (17), as doses podem ser administradas nas unidades de saúde da família, que funcionam das 7h às 11h e das 12h às 16h, o Centro Municipal de Imunização e as Policlínicas Municipais, que atendem no período das 8h às 16h. Há também três pontos extras, localizados no Shopping Sul, no Home Center Ferreira Costa e no Shopping Tambiá. Ambos com a administração de todas as vacinas do calendário de rotina e das campanhas ativas, facilitando a vida do usuário que não pode ir até um serviço de saúde durante o horário comercial.  

Nova recomendação – Neste ano, a vacina que protege contra Covid-19, passou a ser incorporada ao Calendário Vacinal de rotina da criança, conforme o Programa Nacional de Imunização (PNI), do Ministério da Saúde. O objetivo principal da vacinação é reduzir casos graves e óbitos pela covid-19. Por isso, é fundamental alcançar elevadas e homogêneas coberturas vacinais para todos os grupos com indicação.  

As doses para as crianças a partir de seis meses a menores de cinco anos de idade passarão a fazer parte da rotina da caderneta da criança. Outras mudanças previstas são que, acima de cinco anos, a vacina contra Covid-19 será direcionada para os grupos prioritários formados por pessoas privadas de liberdade, vivendo em instituições de longa permanência, imunocomprometidas, em situação de rua, com deficiência permanente, com comorbidades, gestantes e puérperas, idosos acima de 60 anos, indígenas, quilombolas, ribeirinhos, trabalhadores da saúde, funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas.  

Nos grupos prioritários a dose pode ser anual ou semestral. Para idosos, gestantes, puérperas e imunossuprimidos, a vacinação será semestral. Para todos os grupos, a vacinação independe da quantidade de doses que já tenham sido tomadas, nos anos anteriores com intervalo de seis meses da última dose. Para todos os grupos, a vacinação independe da quantidade de doses que já tenham sido tomadas, nos anos anteriores com intervalo de seis meses da última dose.   

Todos os imunizantes disponíveis das campanhas ativas (Covid-19 ou Influenza) podem ser administrados simultaneamente com qualquer outro que faz parte do calendário de rotina, em qualquer intervalo de tempo, na faixa etária de seis meses de idade ou mais.  

Documentação – Para ter acesso à vacina contra Covid-19, o usuário deve apresentar um documento oficial e o cartão de vacina, que comprove outras doses do imunizante, além do Cartão SUS. Já para receber a vacina contra Influenza e demais vacinas do calendário de rotina, é importante levar o cartão de vacina, Cartão SUS e um documento oficial do usuário.  

Locais de vacinação nesta quarta-feira (17): 

Unidades de Saúde da Família (USFs)

Horário: 7h às 11h e das 12h às 16h (de segunda a sexta-feira)

*exceção: Alto do Céu II, Roger III, Cruz das Armas IV, Anayde Beiriz e Jardim Planalto  

Policlínicas Municipais e Centro Municipal de Imunização

Horário: 8h às 16h (de segunda a sexta-feira)  

Home Center Ferreira Costa

Horário: 12h às 21h (de segunda a sexta-feira) 8h às 16h (sábado)  

Shopping Sul

Horário: 12h às 21h (de segunda a sexta-feira) 10h às 16h (sábado)  

Shopping Tambiá

Horário: 12h às 20h (de segunda a sexta-feira) 9h às 16h (sábado)  

Vacinação Domiciliar

Agendamento: (83) 98645-7727 – (Apenas whatsapp)

Horário: 8h às 16h (de segunda a sexta-feira)