Projeto itinerante

Caravana do Cuidar beneficia moradores do Rangel com vários serviços

27/05/2022 | 17:00 | 303

Os serviços de diversas secretarias da Prefeitura de João Pessoa bem perto de casa. Essa é a proposta do projeto Caravana do Cuidar, que semanalmente visita um bairro da Capital. A iniciativa, colocada em prática pela atual gestão municipal, já beneficiou milhares de pessoas. Nesta sexta-feira (27), os serviços foram ofertados aos moradores do Rangel.

De acordo com a Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania (Sedhuc), foram realizados 217 atendimentos, entre serviços de assistência social, empregabilidade, beleza, saúde e direitos do consumidor.

Uma das moradoras atendidas foi Ângela Maria, que parabenizou o projeto. “Eu fiz o cadastro do meu filho no Sine-JP e atualizei meus dados no Cadúnico. O projeto é positivo para a comunidade ter os serviços mais perto, até porque o custo de vida está alto e, assim, não precisamos sair do bairro”, falou.

Entre os 217 atendimentos realizados no Rangel, 8 foram de testes rápidos para Covid-19; 40 aferições de pressão arterial; 27 testes de glicemia; 12 atendimentos no Odontomóvel; 10 cadastros no Acesssuas Trabalho; 14 encaminhamentos no Sine-JP; 53 cadastros realizados pela equipe do Cras; 32 cadastros no CadÚnico; 15 na Ouvidoria Geral; e 6 no Procon-JP.

O Procon-JP, por exemplo,  tira dúvidas sobre relações consumeristas, faz consulta no Serasa e recebe denúncias e reclamações. Jaíria Sousa buscou a equipe para renegociar uma dívida. “Já estava tentando resolver minha situação com a conta de energia, desde outubro do ano passado. Fiquei surpresa com o atendimento aqui, pois foi bem rápido e já consegui resolver minha situação”, afirmou.

Parcerias – Para realização do projeto, a Sedhuc conta com a parceria das secretarias de Saúde (SMS), Desenvolvimento Econômico e Trabalho (Sedest), Meio Ambiente (Semam), Juventude, Esporte e Recreação (Sejer), Participação Popular (SEPP), Desenvolvimento Urbano (Sedurb), Infraestrutura (Seinfra), Gestão Governamental (Segov), Proteção e Defesa do Consumidor (Procon-JP) e Transparência Pública (Setramp), além da Fundação Cultural (Funjope), Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob) e Autarquia Especial Municipal de Limpeza Urbana (Emlur).