Prevenção

Trabalhadores da Seinfra participam do Dia D da Saúde

06/12/2021 | 12:00 | 214

O cuidado com a saúde nem sempre é colocado como prioridade, principalmente entre o público masculino, ainda resistente a métodos preventivos. Para quebrar esse tabu, nesta segunda-feira (6), uma equipe de profissionais do Distrito Sanitário IV promoveram o Dia da Saúde para profissionais da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), com a realização de exames, testes, consultas e palestra sobre prevenção do câncer de próstata e outras medidas importantes para evitar doenças.

A ação contou com a participação do setor psicossocial da Seinfra, que atua constantemente em eventos de educação da saúde, atendendo trabalhadores que atuam em diversas atividades. No local de trabalho os profissionais puderam acessar serviços como testes rápidos de HIV, Sífilis, Hepatite B e C, saúde bucal, aferição de pressão e a vacina tríplice viral, que previne contra sarampo, caxumba, rubéola e o tétano.

“A gente está levando informação para eles e, consequentemente, eles também levam essas informações para suas esposas dentro de casa. Mostramos a importância de procurarem o seu médico e fazerem o exame, para que eles se tornem independentes na questão do cuidado com a saúde, e que busquem o serviço das unidades de saúde. É um trabalho que realizamos sempre, além do Outubro Rosa e Novembro Azul”, destacou Alyne Guimarães, que coordena o setor psicossocial da Seinfra.

Os serviços de saúde contaram com a participação de duas enfermeiras, duas técnicas de enfermagem, três dentistas e uma psicóloga, com foco, também, na prevenção ao câncer de próstata. “É muito difícil captar esses homens nas Unidades de Saúde da Família, porque eles não vão. Geralmente o homem só procura o médico quando estão realmente incapacitados – com uma dor muito grande, uma retenção de urina ou sem controle da urina, por exemplo”, explicou Neilze Falcão – enfermeira da unidade de Saúde Viver Bem, do Distrito VI.

Entre os trabalhadores a ação foi bem recebida. José Cirilo tem 72 anos e trabalha na parte de manutenção de galerias pluviais da Seinfra. “Muito bom ter tudo isso aqui, no nosso local de trabalho. É importante porque é através de um exame ou uma consulta que a gente pode tratar melhor algum problema. E ajuda a gente ter mais consciência sobre os cuidados que devemos ter. Sem saúde a gente não trabalha e nem vive”, enfatizou.