Na Capital

População atende chamado, participa do ‘Dia D’ e garante imunização contra dengue e Influenza

30/03/2024 | 17:00 | 318

Este sábado (30) foi mais uma oportunidade para a população garantir a imunização contra a dengue e Influenza. É que a Prefeitura de João Pessoa, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), disponibilizou pontos de vacinação em mais uma edição do ‘Dia D’ de mobilização promovido na cidade.

Em um dos locais de vacinação, o Shopping Sul, no bairro dos Bancários, o comparecimento das pessoas foi bastante intenso ao longo do dia. Nesse ponto, foram disponibilizadas 400 doses de imunizante para a Influenza e 150 contra a dengue.

O estudante Davi Lins, de 14 anos, morador do conjunto José Américo, reservou um tempinho no feriadão para receber a dose contra a dengue. Ele disse que considera importante a vacinação contra essa doença, que vem acometendo muitas pessoas em todo o País. “Resolvi tomar a vacina contra a dengue para me proteger dessa doença muito preocupante”, afirmou.

A professora Suênia Freire, moradora dos Bancários, recebeu a dose contra a Influenza e disse que todos os anos comparece a um posto de vacinação.  Para ela, todos aqueles que integram om público-alvo da vacinação devem ir o mais rápido possível para garantir a proteção contra as doenças. “Todos os anos eu procuro me vacinar logo no início da campanha, pois as vacinas são muito importantes no combate a essas doenças que, infelizmente, têm feito muitas vítimas em todo o País”, disse.

Prevenção é importante – O chefe da Seção de Imunização da Prefeitura de João Pessoa, Fernando Virgolino, disse que a população atendeu a mais um chamamento para a imunização nesse ‘Dia D’ de mobilização.

Virgolino lembrou que a vacina é segura e traz inúmeros benefícios à população, protegendo principalmente os grupos considerados mais vulneráveis. “No caso da vacina contra a dengue, que é nova no SUS, é uma vacina extremamente segura e que protege contra quatro tipos da doença. É importante que a população compareça e complete o esquema vacinal, feito em duas doses”, comentou.

Além do Shopping Sul, nos Bancários, a vacinação aconteceu até as 16h deste sábado no Home Center Ferreira Costa e Shopping Tambiá. Fernando Virgolino explicou que nesses pontos, para quem não se imunizou no ‘Dia D’, a vacinação acontece diariamente do meio-dia até as 21h, de segunda a sexta-feira, e também é ofertada nas Unidades de Saúde da Família (USFs), Policlínicas Municipais e Centro de Imunização. “Diariamente, ao todo, são mais de 100 pontos disponíveis para a população, e para se vacinar é muito simples: basta levar cartão de vacina ou do SUS, ou ainda o CPF”, disse.

Proteção contra dengue – A vacina é recomendada para crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, com o esquema composto de duas doses, em intervalo de três meses entre as doses. Caso o usuário tenha contato com a doença antes da vacina é recomendado aguardar seis meses para o início do esquema vacinal com a vacina dengue (atenuada). Caso a infecção ocorra após o início do esquema, não há alteração no intervalo entre D1 e D2, desde que a D2 não seja realizada com o período inferior a 30 dias do início da doença.  

Proteção contra Influenza – Já contra a gripe, a vacina inicialmente está sendo administrada apenas para pessoas que fazem parte do grupo prioritário. São elas: Crianças de 6 meses a menores de 6 anos de idade (5 anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores da saúde, gestantes, puérperas (aquelas mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto), professores do ensino básico e superior, povos indígenas, idosos com 60 anos ou mais de idade, pessoas em situação de rua, profissionais das forças de segurança e salvamento, profissionais das Forças Armadas e pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, pessoas com deficiência permanente, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário para passageiros urbanos e de longo curso, trabalhadores portuários, população privada de liberdade e funcionários do sistema de privação de liberdade, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.  

Vacinas de urgência – O Centro Municipal de Imunização, localizado no bairro da Torre, estará aberto durante todos os dias do feriadão, no período das 8h às 12h, exclusivamente para vacinação antirrábica humana e a vacina dT (difteria e tétano) para pessoas que tiveram alguma exposição para doença, com alguns tipos de acidentes com perfurocortantes. Já no caso da antirrábica, são para pessoas que foram mordidas por cães e gatos não vacinados ou, ainda, por morcegos.   

Documentação – Para vacinação contra a dengue, basta o usuário levar a Caderneta de Vacinação e um documento oficial. Para Influenza, é necessário levar, além do cartão de vacina, os documentos comprobatórios de cada grupo. Os profissionais que se enquadram na ampliação dos grupos prioritários deverão apresentar documento de identificação com foto e comprovante (declaração, carteira do conselho de classe ou contracheque) de vínculo com a empresa ou instituição onde atua. Já pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais deverão apresentar laudo médico.